Quer dicas para uma viagem tranquila? Saiba como escolher o seguro viagem e o destino ideal para suas férias

Dicas, Turismo

Férias em família são sempre um momento agradável. E engana-se quem pensa que a diversão começa somente ao chegar ao destino planejado. A escolha dos destinos, programação de passeios e até mesmo a arrumação das malas podem ser extremamente divertidos.

Parece tudo tão bom, que nada pode atrapalhar esse momento, não é mesmo? Este seria o ideal, mas imprevistos podem acontecer até mesmo nas melhores famílias. Então, nada melhor do que se programar com cuidado e se prevenir contra qualquer acontecimento indesejado.

Conheça agora algumas dicas para tornar a sua viagem ainda mais divertida (e tranquila).

1 – Escolha bem o destino

Parece óbvio, mas este deve ser o primeiro critério para uma viagem especial. Não basta apenas ver as fotos e escolher entre as paisagens mais bonitas. Pesquise bastante sobre o destino, já que alguns deles oferecem experiências bem diferentes em cada época do ano, portanto, programação é essencial.

Verifique também se o local é adequado para as suas expectativas e às pessoas que vão com você: algumas praias, por exemplo, são extremamente agitadas e não recomendadas para crianças. Se você busca sossego, opte por locais menos badalados.

O fator preço também interfere neste critério. Locais mais badalados tendem a ser também os mais caros, tornando a disputa por vagas em períodos de alta temporada bastante acirrada. E não precisa ir muito longe para economizar, já que dentro de uma mesma cidade é possível encontrar experiências parecidas com preços bem diferentes.

2 – Selecione a hospedagem com a melhor localização

Talvez você tenha encontrado um hotel incrível, com preço acessível e ótimas recomendações, mas, se você não se atentar bem à localização, pode acabar tendo dores de cabeça. Tanto em viagens nacionais quanto internacionais, escolher a hospedagem é um item crucial para fazer uma boa viagem.

Se for viajar de carro, talvez não interfira tanto, já que ele facilita a mobilidade. Ainda assim, deve-se considerar um custo adicional com combustível e possíveis pedágios. Caso precise de transporte público para se locomover durante a viagem, certifique-se de que a hospedagem escolhida fica próxima à pontos de ônibus, metrô ou táxis. Deste modo você aproveita melhor o passeio e ainda economiza tempo e dinheiro.

3 – Atente-se aos documentos

Para quem vai viajar com as crianças, a atenção aos documentos deve ser redobrada. Caso os menores estejam acompanhados pelos pais, não é exigida nenhuma documentação adicional além do passaporte.

Quanto acompanhada por apenas um do país, é exigida a autorização por escrito do outro. Quando acompanhadas de outros adultos, devem levar consigo a autorização de ambos os pais ou responsáveis.

O mesmo se aplica a crianças que viajam desacompanhadas. Lembre-se sempre de verificar documentos adicionais que podem ser solicitados no ato do embarque, já que eles variam de acordo com o destino e idade da criança.

4 – Faça um seguro viagem

Apesar de não ser uma exigência em alguns lugares, é altamente recomendado que se faça um seguro viagem antes de embarcar. O valor pago torna-se ínfimo perto dos benefícios adicionais e da tranquilidade que a contratação do mesmo proporciona.

Para quem pensa que é algo burocrático e demorado, saiba que é possível até mesmo contratar um seguro viagem online, o que facilita muito na hora de pesquisar preços, coberturas, e encontrar a opção que melhor se enquadra às suas necessidades.

Além de oferecer cobertura em caso de morte ou invalidez, há ainda a possibilidade de contratar cobertura contra roubo/furto ou extravio de bagagem, cancelamento de voo, atendimento médico/hospitalar, entre outros, além da Assistência de Viagem 24 Horas.

Sendo assim, na hora de programar uma viagem, vale a pena pesquisar bem antes de decidir o destino e a hospedagem, arrumar as malas e preparar todos os documentos, proporcionando toda a segurança e tranquilidade que você e sua família precisam.

Compartilhe esse post!